Dicas Сaseiras: Plantas sem folhas verdes fazem fotossíntese?

Posted on

Plantas como orquídeas e bromélias são do tipo epífitas que precisam se um suporte para poder crescer, esse caso específico de inquilinismo é chamado de epifitismo.

Plantas que ao acumularem estes elementos podem ser usadas na quantificação, detectação, desses elementos seja no solo, na água ou atmosfera”, explica a professora. Gostaria de chamar a atenção para uma espécie de planta parasita, facilmente encontrada em nossa região e popularmente conhecida como Erva-de Passarinho. Não é difícil também de ver os galhos secos e sem folhas quando estes estão acima de onde a planta parasita está instalada. O lado bom da parasita Erva-de-Passarinho Como tudo na vida tem o lado negativo e o positivo, com a planta parasita também não é diferente. Quer saber mais sobre as plantas parasitas? Algumas espécies de plantas crescem naturalmente sobre outras plantas, mas isso não faz delas parasitas. NÃO CONFUNDA MAIS: Plantas parasitas são aquelas que retiram a seiva das plantas nas quais se fixam, prejudicando-as. Plantas epífitas são aquelas que crescem sobre outras plantas e não prejudicam suas hospedeiras. As epífitas desenvolveram esta adaptação de crescer sobre outras plantas, pois no interior da floresta elas não receberiam quantidade suficiente de água e luz para sobreviver.

Plantas sem folhas verdes fazem fotossíntese?

  • Plantas e Flores que Não Precisam de Muito Cuidado

animais  que vivem associados à um vegetal ou plantas que vivem sobre outra planta,

restinga, são as bromélias e orquídeas que vivem sobre plantas do estrato arbóreo ou Muitas pessoas pensam que essas plantas são parasitas, porém, existem algumas diferenças entre parasitas e plantas epífitas. imagem de: efecade.com.br Parasitas são aquelas que se instalam sobre outra planta ou árvore e se alimentam de sua seiva. imagem de: pixabay.com Já as epífitas, assim como as parasitas, vivem sobre outras plantas ou árvores. A samambaia, uma das plantas ornamentais mais populares, é um exemplo de planta epífita. Gostou de saber um pouco mais sobre parasitas e plantas epífitas? Essa foto, tirada em uma grade no Parque Estadual do Jaraguá, mostra bem como as plantas epífitas não são parasitas e vivem “honestamente”. Uma lenda muito difundida  mesmo entre aqueles que gostam da natureza é sobre as plantas que vivem nas árvores serem parasitas. Dentro da diversidade botânica das florestas tropicais e subtropicais, são comuns espécies de plantas que nascem sobre árvores, e que por muitos erroneamente são generalizados como simples “parasitas”.

Vinagre – um poderoso herbicida natural. Veja como ele pode salvar suas plantas!

  • Plantas que Podem ser Usadas em Decorações

No caso das bromélias e das orquídeas, assim como no caso de uma infinidade de outras plantas como os liquens e as samambaias.

À esta inter relação podemos chamar de Simbiose, ou seja, uma associação vitalícia onde uma planta colabora com a sobrevivência da outra, sem nenhum prejuízo entre elas. Esta espécie parece uma planta parasita, que também se agarra Foi como aconteceu ao ver esta espécie comum de planta, uma pequena bromélia, que nunca tinha reparado nos detalhes, nas formas e cores de suas flores. Bromélia Cravo-do-Mato - Tillandsia Aeranthos As plantas epífitas ou plantas de ar,  constituem todas as espécies de plantas que vivem apoiadas sobre outras plantas. Elas são ancoradas por raízes sobre os ramos ou troncos, sem retirar nutrientes da árvore ou planta de apoio (se retirassem nutrientes delas, não seriam epífitas, mas parasitas). Além das orquídeas vamos dialogar também sobre outras espécies de plantas em conjunto com a natureza, deixando sempre uma dica de bem estar e paz interior. Simone As orquídeas e as bromélias são consideradas plantas “evoluídas”, pois tiveram que se adaptar às copas das árvores para sobreviverem. As plantas que não têm clorofila vivem como parasitas – obtêm nutrientes produzidos por outros vegetais – ou saprófitas, que retiram alimento de materiais em decomposição. Em frente a um mercado, lá estão as plantas, são bromélias, entrelaçadas aos fios.

22 plantas que podem ser cultivadas na água, na terra e no ar

  • voltar para Praias e Dunas

Plantas que necessitam de substrato devem ser cultivadas em meios vasos que podem ser de cerâmica ou de fibra de coco, estes mais leves.

Algumas plantas podem ser cultivadas em placas, como orquídeas, bromélias e alguns cactos do tipo ripsális (Rhipsalis), que podem inclusive ser amarrados nos troncos de árvores. O produto apenas particulado é usado para cultivo de orquídeas e bromélias, mas vasos e placas podem ter utilizados para outras plantas se desenvolverem. São plantas adequadas a cultivo em meia sombra, mas locais com sol somente pela manhã também podem receber estas folhagens. Já em placas somente poderemos utilizar plantas que não necessitem de substrato, como bromélias e orquídeas. Algumas dessas plantas conseguem também sobreviver no solo, quando a luz não é um problema. As plantas aéreas absorvem nutrientes pelas folhas e escamas prateadas, ao invés de pelas raízes. ☞ Você vai começar a notar que após a rega, as folhas da sua planta vão parecer mais duras, e um pouco mais escuras. Plantas aéreas produzem estacas, mudinhas que se distanciam da planta original. Plantas aéreas estão na moda e cada vez mais fáceis de encontrar em floriculturas.

Planta rara e exótica da família das maxillarias sua característica principal é o aroma de baunilha.Gosta de local claro mas sem sol direto.Minha estátua de orquídeas…

Mas lembre-se: elas não são parasitas, pois não se “alimentam” das plantas as quais estão aderidas.

Sendo encontradas nas restingas, no alto das montanhas, no cerrado e também na caatinga, onde cobre extensas áreas em meio a cactos e outras plantas. Apesar disso, a coleta de plantas na natureza constitui crime, além de criar problemas para a planta que geralmente morre. As bromélias são tolerantes à falta d’água, porém é de fundamental importância que a irrigação seja bem feita para haja um bom desenvolvimento dessas plantas. Essa característica está relacionada com a forma da planta, que vem surgindo do centro com as folhas pontiagudas e também por suas cores vibrantes que trazem renovação e vitalidade. Ao contrário do que muitos pensam, as orquídeas não são plantas parasitas, sendo assim, elas não consomem a seiva das árvores nem prejudicam seu desenvolvimento. É interessante ressaltar isso de que as plantas epífitas não se alimentam da árvore na qual estão grudadas. Mais plantas de vó que são epífitas: dama-da-noite… … e cacto-sianinha… Tem tempo que não falo de sementes né? O que importa mais é o tipo de substrato no qual as plantas serão dispostas – de preferência fofo e bem-drenado. Hoje, as bromélias têm grande importância no ramo de plantas ornamentais, fazendo parte de uma atividade rentável e com qualidade superior àquela de origem predatória.

Espécies de Plantas

Até as próximas dicas e curiosidades… Veja também: Você sabe o que é uma planta parasita?

Já as plantas parasitas, não produzem tudo o que consomem, e puxam da planta atacada a seiva, utilizando-a como alimento.